Informagno | Gestão em TI

WhatsApp, Telegram ou Signal: qual é o melhor app de mensagens?

Independentemente das suas preferências, é certo que você utiliza um aplicativo para bater papo com diversas pessoas. De acordo com levantamento da empresa de dados e análises móveis App Annie, no primeiro trimestre de 2021, os brasileiros gastaram em média cinco horas diárias com o uso de apps – e mensageiros faziam parte do cenário.

Dentre as muitas opções disponíveis tanto para iOS quanto para Android estão WhatsApp, Telegram e Signal. Muitas vezes, usuários utilizam mais de um, segmentando seus contatos baseados em finalidades de conversas e, claro, presença de terceiros nas redes em questão. Entretanto, uma dúvida geralmente paira no ar: qual das três é a melhor?

A seguir, você confere algumas características dessas alternativas que podem auxiliar em sua decisão, todas elencadas pelo Secure Messaging Apps Comparison, um comparador de aplicações que tem a segurança como norteadora das avaliações. Depois, conte com antivírus da Avast para manter a sua privacidade em primeiro lugar.

65.1Aplicativos de mensagens fazem parte de nosso dia a dia. (Fonte: Shutterstock)

WhatsApp

Segundo os apontamentos, o WhatsApp – pertencente ao Facebook – não é recomendado para a troca de mensagens e arquivos de modo seguro. Isso porque a empresa:

  • é parceira da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos, conforme revelou Edward Snowden, ex-consultor da instituição, em seus documentos sobre prática de espionagem e vigilância globalizada;
  • não protege todos os dados aos quais tem acesso, principalmente metadados;
  • monetiza informações pessoais de usuários compartilhando-as com terceiros;
  • não possui auditoria de código independente e recente análise de segurança;
  • oferece uma solução baseada em software proprietário, ou seja, detém todos os direitos de uso.

Felizmente, existem pontos positivos no WhatsApp, como o fato de que não carrega capacidade de vigilância em seus códigos e de que oferece relatórios de transparência, além de: 

  • encriptação ativada por padrão;
  • impossibilidade de acesso aos conteúdos inseridos nas conversas; 
  • mensagens autodestrutivas; 
  • autenticação de dois fatores.

Entretanto, é preciso ter atenção: materiais armazenados na nuvem como backup só são codificados no iOS, não no Android.

Telegram

Mais um mensageiro não recomendado pelo levantamento, o Telegram, por um lado, não apresentou ligações com entidades governamentais até então. Por outro:

  • não codifica conteúdos por padrão, e a companhia pode acessá-los se a configuração não for manualmente ativada;
  • não oferece relatórios de transparência;
  • coleta dados pessoais e fornece metadados a terceiros;
  • mantém a chave de acesso por 100 sessões, facilitando sua descoberta por agentes mal-intencionados.

Ainda assim, autenticação de dois fatores, mensagens autodestrutivas e encriptação em backups, além de auditoria por instituição independente realizada em outubro de 2020, pesam a favor do app.

Signal

Único da lista que recebeu o sinal verde, dentre fatores principais determinantes para sua classificação e, consequentemente, recomendação de uso estão:

  • não exige login por meio do número de telefone;
  • não coleta dados de usuários;
  • garante avaliações independentes mais abrangentes de segurança/privacidade;
  • não associação da empresa a entidades governamentais;
  • possui encriptação ativada por padrão, inclusive para metadados;
  • é baseado em código-livre, ou seja, acessível por qualquer pessoa que deseje avaliá-lo;
  • a companhia não tem acesso às mensagens e arquivos;
  • garante autenticação de dois fatores e conteúdos autodestrutivos.

Por fim, os problemas que apresenta são comuns aos concorrentes: não permite login anônimo e suas conversas estão sujeitas à interceptação de dados por hackers.

65.2Análise revela prós e contras de apps. (Fonte: Shutterstock)

Proteção para todos os públicos

Como você percebeu, existem prós e contras em cada solução e mesmo a mais segura pode sofrer ataques que colocam dados pessoais em risco. Por isso, a Avast não se limita a computadores e oferece proteção completa para todos os seus dispositivos.

Cada aplicativo de mensagens apresenta suas particularidades. Isso não é diferente em sistemas operacionais. Sendo assim, antivírus da Avast garantem funcionalidades customizadas para PC, Mac, Android e iPhone/iPad.