Informagno | Gestão em TI

Nova atualização do Windows 11 pode causar a tela azul da morte; saiba o motivo

Adotar um novo sistema operacional assim que ele sai do forno não é tão interessante, principalmente se o computador em questão é o único da casa — e, mais uma vez, a Microsoft reforça esse lembrete. Recentemente, a companhia admitiu que dois novos problemas têm acontecido com usuários na versão KB5007215 do Windows 11 — um deles, inclusive, capaz de gerar a tão temida Tela Azul da Morte (BSOD).

O primeiro dos problemas observados pela Microsoft está no Microsoft Installer (MSI), um componente do sistema operacional utilizado para gerenciar programas. Em aplicativos específicos (como softwares antivírus da Kaspersky), atualizar ou reparar instalações usando a ferramenta nativa pode “quebrar” o programa de vez, impedindo-o de abrir em seguida.

Enquanto uma solução oficial não chega, a única forma de contornar o problema é reinstalar o aplicativo manualmente. Em alguns casos, porém, esse procedimento pode limpar os dados pessoais dos usuários — como contas, configurações ou detalhes mais sensíveis — o que torna a alternativa bem inconveniente.Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Problemas com drivers causam tela azul

A tela azul, por outro lado, acontece devido a problemas na compatibilidade entre o Windows 11 e os drivers do Intel Smart Sound Technology (Intel SST), um processador de áudio digital que lida com sinais de entrada, saída e interações por voz.

A Tela Azul da Morte do Windows 11, atualmente, é preta, mas vai voltar a ser azul (Imagem: Reprodução/The Verge)

O driver em questão pode ser encontrado no Gerenciador de Dispositivos dentro do Painel de Controle. O componente afetado contém o arquivo IntcAudioBus.sys e está na versão 10.29.0.5152 ou 10.30.0.5152 (ou mais antigos).

Neste caso, a solução não está numa futura atualização do Windows 11, mas nas correções do driver problemático. A Microsoft recomenda que usuários afetados procurem por updates pendentes em sites de fabricantes e façam o download assim quem possível.

Correção devem chegar em breve

Uma vez reconhecidos pela Microsoft, os problemas estão com dias contados para serem corrigidos. Assim como faz em atualizações no programa de testes, a avaliação de problemas existentes ajuda a companhia a determinar onde focar esforços para evitar questões graves — e o surgimento de telas azuis certamente é um deles.

Não existe previsão para o lançamento de atualizações corretivas, mas não deve demorar muito para a companhia liberá-las. Provavelmente, as correções do Windows 11 devem passar rapidamente pelo período de testes e logo estarão nos computadores com a versão final do sistema.

Fonte: Microsoft